Super Onze Kotei Legends
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Olá!
Olá, Convidado, o SOKL está a anunciar seu primeiro torneio, por isso, peço a colaboração de todos.
Novas inscrições estão ABERTAS para a FFI, escolha a seleção que irá defender.


Olá!
Olá, Convidado, A administração do SOKL gostaria de informar, O Super Onze K.L 2016 está de volta!
Sua reabertura foi dia 09/01.


Olá!
Olá, Convidado, A administração do SOKL gostaria de informar, que todas as escolas estaram FECHADAS para novas incrições.

Novas vagas serão CANCELADAS.


Publicidade

Selo Original

Top 30
Últimos assuntos
» [Parceria] Naruto Survival RPG
por Survival Qui Nov 24, 2016 2:39 pm

» Parceria - Digimon Timelines RPG
por [ADM]Ichinose Kazuya Dom Maio 08, 2016 1:52 am

» [Parceria] Naruto SP
por Pawafuro Nara Ter Mar 29, 2016 4:36 am

» [Parceria] Naruto - Eternal Ninja
por Illumi Seg Mar 14, 2016 4:22 am

» [Parceria] RPG AnimesPlus - Naruto Hajime
por Melkor Qua Mar 09, 2016 6:54 pm

» [Modelo] Parceria
por Pawafuro Nara Sab Fev 27, 2016 8:49 pm

» [EVENTO]Kotei Football P.V.P ~ Lurion V.S Inhem
por [ADM]Oliver Tsubasa Qua Fev 24, 2016 9:11 pm

» Aperfeiçoamento - Attsuya
por [MOD]Sergio Terto Qua Fev 24, 2016 6:30 pm

» [Inscrições] Seleção Japonesa
por Attsuya Dom Fev 21, 2016 12:25 pm


Destaque do Fórum



Oliver Tsubasa é o criador deste fórum e joga pelo Instituto Imperial, obrigado pelo apoio!
Obrigado pela colaboração!


Compartilhe | 
 

 Fan fic - Fairy Tail New Age

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Lurion
Atacante
Atacante
avatar

Mensagens : 19

Ficha do Jogador
Experiência Experiência:
0/200  (0/200)
Energia Energia:
200/200  (200/200)
Nível do Jogador: 2

MensagemAssunto: Fan fic - Fairy Tail New Age   Sex Fev 12, 2016 8:40 pm

É uma fan fic que se passa no Universo Fairy Tail, 100 anos após os acontecimentos do anime/mangá. Não é totalmente fiel ao anime, mas espero que gostem.

P.S Críticas são bem vindas.

Fairy Tail - New Age






Prólogo:
 

Aurum Walker:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lurion
Atacante
Atacante
avatar

Mensagens : 19

Ficha do Jogador
Experiência Experiência:
0/200  (0/200)
Energia Energia:
200/200  (200/200)
Nível do Jogador: 2

MensagemAssunto: Re: Fan fic - Fairy Tail New Age   Sex Fev 12, 2016 8:43 pm

Capítulo 1- Bem Vindo a Fairy Tail!




Kyros rasgava o céu de Magnólia descendo em um vôo rasante, sua penugem esbranquiçada brilhava levemente enquanto o falcão se dirigia ao solo. Aurum se agarrava fortemente ao pescoço da ave para não perder o equilíbrio e cair.  Em questão segundos Kyros estava com asas abertas planando a poucos metros do chão, aproximou-se da grama verde vagarosamente e o rapaz saltou de suas costas. Aurum tratou de exercitar o corpo estalando alguns ossos no processo, a viagem sem exercícios e treinos deixaram-no estagnado e isso era ruim. Acariciou o pescoço de Kyros, e a ave tirânica emitiu grunhidos de afeição enquanto deitava-se. Haviam pousado numa floresta próxima a entrada norte de Magnólia, as árvores eram distantes umas das outras, mas altas o suficiente para ocultar a presença de Kyros.

_ Provavelmente você não vai poder entrar… melhor ficar por aqui, mais tarde volto pra te ver. - Aurum sorria para ave.

Retirava das costas uma mochila, de seu interior retirava um pouco de ração para viagem, estava horrível como sempre, mas foi o suficiente para saciar sua fome.
Caminhou alguns minutos e encontrou um rio, pacientemente removeu suas roupas e saltou mergulhando nas águas cristalinas, cada um de seus poros era invadido pelo líquido puro e mais uma vez sentia-se limpo.

Após se refrescar e estar limpo novamente, retirou da mochila as roupas mais elegantes que os anões lhe deram, apesar de não serem exímios alfaiates confeccionaram um terno de seda com o carinho de um mestre. A calça e colete negros se alinharam perfeitamente em seu corpo, a camisa de manga comprida clara posta por baixo do colete mostrou-se a combinação perfeita. Calçou os sapatos que havia trazido especialmente para ocasião. Estava pronto, trajado com rigor suficiente para se apresentar a Fairy Tail.

Colocou a mochila nas costas e dirigiu-se até os imensos portões de Magnólia, os guardas permitiram sua passagem com facilidade e logo Aurum pôde contemplar a maravilhosa capital de Fiore, construções colossais que se erguiam por toda extensão da gigantesca cidade, pessoas extremamente diferentes, seres de raças que o mago nunca vira e até mesmo alguns animais passeavam pelas ruas pedregosas. Aquela era sem dúvidas a cidade mais bela que já vira, apesar de não ter visto outras.

O fluxo intenso de pessoas deixou-o desnorteado, e logo Aurum se viu perdido, olhava para os lados em busca de um prédio com a insígnia das fadas ou alguém com tal símbolo no corpo, nada. Mantinha os olhos fixos nas pessoas que se aproximavam, os anões haviam lhe dito que em grandes cidades era costume ocorrerem furtos silenciosos, e ser roubado era o que Aurum menos queria no momento.

“ Ahh.. porque é tão difícil andar por aqui. Onde fica essa droga de guilda?”

Aurum estava parado, absorto em seus pensamentos quando sentiu algo tocar-lhe o bolso, seu reflexo veloz lhe proporcionou reação instantânea, moveu o braço e agarrou o sujeito pela mão. Era um garoto, cabelos negros e olhos dourados, havia pego uma sacola com alguns jewels, rapidamente golpeou a mão do estrangeiro, o sorriso tornou- se mais largo e o ladrão desapareceu.

Aurum arregalou os olhos em susto, um mago! O simples fato de pensar que magos usavam seu poder de forma desonesta já lhe causava náuseas.

E a sensação de desconforto só iria passar com um cigarro, retirava um pequeno cilindro de palha e um esqueiro do bolso da camisa, acendia o cigarro e o levava a boca, dava uma tragada longa permitindo que o tabaco lhe chegasse a cabeça.


“ Esqueça o que aconteceu, procure a guilda… procure a guilda.” - se recompôs, soprou a fumaça e começou a andar novamente.

Desta vez notou prédios que ostentavam flâmulas com símbolos de guildas, a primeira possuia o desenho de uma face de cavalo, aquela era a sede da Blue Pégasus, mais a frente a imponente sede da Lamia Scale, Mermaid Heel, todas as guildas de Magnólia, exceto a que desejava encontrar. Abordou algumas pessoas, mas o que recebia era somente olhares tortos, quando não era ignorado.

~~~~~~~~~~


Foram horas entediantes de caminhada, o sol começava a se por e Aurum se via caminhando em uma região aparentemente inabitada, poucas casas mal cuidadas e na parte remota de Magnólia erguia-se uma gloriosa construção, um castelo, com duas torres e uma área onde criavam alguns animais e um lago artificial  próximo a torre da direita. Um monumento belíssimo, sem sombra de dúvidas, sentiu-se feliz somente por estar próximo, correu até a porta e bateu três vezes esperando ser atendido.

Ouvia o som de passos vindos do outro lado , sua ansiedade aumentava, a porta rangeu e foi aberta, por trás dela estava ele, o rapaz que o havia roubado horas antes.


“Só pode ser brincadeira…” - lançava um sorriso com o canto da boca.

O garoto após abrir a porta fitou-o assustado, Aurum podia ler seus pensamentos, sorriu com o canto da boca enquanto cerrava o punho tornando audível o som de seus ossos estalando.

~~~~~~~~~


No interior da guilda havia um total de trinta pessoas, dividiam-se em quartetos e trios espalhados em mesas dispostas num grande salão comunal. O castelo era tão grande por dentro quanto por fora, com um largo balcão onde ficavam as bebidas, uma grande fonte termal no fundo e no andar de cima se localizavam os dormitórios.

Os membros conversavam amigavelmente, bebiam, brigavam, mas todos se divertiam como uma verdadeira família.

Porém o clima amigável foi quebrado após um dos membros se chocar contra uma das paredes, o impacto fez toda a construção tremer enquanto rachaduras surgiram na parede, o garoto estava no chão inconsciente com um lado do rosto inchado e provavelmente havia quebrado algumas costelas.

Todos os olhares se voltaram para o homem loiro parado na porta.


~~~~~~~~~~~~~


Aurum sabia da capacidade do garoto de se teletransportar, mas isso não o impediu de erguer o punho e golpea-lo na face, era apenas um garoto, mas de certa forma merecia o golpe. A força fora tamanha que o fez voar para dentro da guilda e se chocar violentamente contra uma das paredes.

Ergueu o punho à altura do peito e o fitou por alguns segundos.


“Como a Fairy Tail pôde aceitar um ladrão?”- se distraiu, ficando inerte na entrada.

Despertou da inércia quando sentiu a aproximação de algo, ao olhar pra frente notou que uma seta de aço gigante vinha em sua direção, desvencilhou saltando para o lado e se apoiando no solo com a mão direita.

Da entrada saíram duas pessoas, um deles era um homem, atingia a altura de dois metros, seus músculos definidos aliados ao seu tamanho transformavam-no em um colosso de carne e ossos, seu cabelo branco se organizava em um penteado estranho, seu único olho verde o encarava com ódio, enquanto o outro permanecia oculto por um tapa olho, trajava roupas simples, uma calça marrom e um colete roxo e usava como arma uma âncora de navio.

A outra pessoa tratava-se de uma mulher, baixa, possuía cabelos longos lisos presos em um majestoso “rabo de cavalo” negro, seus olhos castanhos fitavam-no como um caçador de olho em sua presa, um cigarro jazia preso entre seus lábios concedendo-a uma aparência feminina e ao mesmo tempo feroz, bela e selvagem.

_ Antes de esfregarmos sua cara no chão, responda uma pergunta… Você é louco? - dizia a moça tragando o cigarro.

Aurum se recompôs erguendo-se e ficando ereto, apenas encarando os dois magos, através do olhar notava que se tratavam de magos poderosos, bater no moleque foi como comprar briga com a guilda.

_ Não! Acho que isso foi tudo um mal entendido…

Não teve tempo de terminar a frase, a parte frontal da âncora se deslocava através de uma corrente, era como a ponta de uma flecha gigante, embora não perfurasse, servia apenas para esmagar, com excessão de dois ganchos laterais, que poderiam tanto cortar quanto perfurar.

Aurum flexionou o corpo bruscamente para a direita esquivando-se do ataque. A corrente se retraiu e a ponta retornava na direção do loiro que saltou saindo do alcance do ataque.

Ainda no ar foi surpreendido por um movimento da mulher, ela segurava uma espécie de canhão e o utilizava para atirar uma bola de fogo, o projétil incandescente ao se aproximar de Aurum detonou irrompendo em chamas e erguendo uma cortina de poeira e fumaça.


_ Foi fácil. - a mulher soltava fumaça com o canto da boca e cuspia o cigarro no chão.

A poeira se dissipou com o vento, e uma parede de ferro havia surgido no campo, ela se desmanchou e Aurum estava intacto.

_ Magia de Ferro… - o mago erguia a âncora.

_ Eeer… eu não quero lutar, eu só bati nesse moleque porque ele me roubou. - Aurum estava sério, mas ainda mantinha postura de combate.

Seus adversários se entreolharam, em seguida baixaram as armas. A expressão de ódio deles pareceu sumir.

_ E você veio até aqui atrás dele? - a voz trovejante do homem de cabelos brancos.

_ Não. Eu estava procurando a Fairy Tail e por coincidência ele abriu a porta, eu apenas achei que ele deveria ser punido. Não foi minha intenção desafiar a guilda. - Aurum relaxava os músculos e se portava naturalmente.

_ Você poderia tê-lo matado. - retrucou o mulher.

_ Não acho que um mago da Fairy Tail morreria com um golpe fraco assim.

_ O que você quer aqui afinal?- o casal indagou em uníssono.

_ Eu quero apenas fazer parte da guilda. Ouvi dizer que vocês são fortes, e eu vim de muito longe para me juntar a vocês. - Aurum disse sério.

_ Os tempos mudaram, foi se a época em que éramos a maior. - dizia a mulher com voz triste. - Venha conosco, vamos leva-lo até o mestre.

~~~~~~~~~~~

O trio entrou na guilda. Olhares raivosos fuzilavam Aurum, a vontade de dar meia volta e fazer parte de outra guilda era irresistível, mais a frente o garoto que sofrera o ataque havia recobrado a consciência e estava de pé novamente, sorrindo como uma criança.

Guiaram o visitante até a escadaria no outro lado do salão comunal.


_ Basta seguir o corredor, a sala do Mestre é a última. - dizia a mulher.


Aurum engoliu o seco, cada degrau lhe provocava uma sensação de desconforto imensa. Subir aquelas escadas foi como escalar uma montanha, mas no fim havia chegado até um largo corredor, portas se espalhavam pelas laterais indicando dormitórios e no fim do corredor uma única porta de madeira, a sala do Mestre, andou até ela e antes que batesse ela se abriu.

_  Com Licença… - dizia com a voz trêmula.

_ Fique a vontade. - voz indicando idade avançada.

Olhou bem para o Mestre, não lhe intimidava, tratava-se de um homem velho, baixa estatura, seus olhos eram coloridos com um negro intenso, as rugas pareciam seguir um padrão ordenado em sua face flácida, uma barba grisalha, em sua cabeça uma cartola negra, trajava um elegante terno preto que mostrava o quanto era esguio.

_ Ouvi alguns ruídos incômodos, estava brigando? - o Mestre permanecia sentado em sua cadeira.

_ Sim… me desculpe. - Aurum olhava para o chão envergonhado.

_ Não se preocupe, não é a primeira vez que Zac faz isso… aquele garoto é um problema. - sorria. - Eu suponho que você não veio aqui com essa intenção. -  dirigia-lhe um olhar de alguém que sabia a resposta.

_ Não… eu vim porque quero fazer parte dessa guilda, quero ser um membro da Fairy Tail! - determinação clara em sua voz.

_ Ouviu falar que não estamos mais no ápice? Sofremos algumas derrotas nos Grandes Jogos Mágicos e são poucos que ainda nos contratam para algum serviço. Sabendo dessa situação, ainda deseja fazer parte da Fairy Tail? - olhar descontraído.

_ Sim! Com toda certeza!

_  Eu, Enoc, como mestre da Fairy Tail sentencio que você Aurum Walker é o nosso mais novo membro!

“ Como ele sabe meu nome?” - Aurum observava desconfiado.

Antes que perguntasse algo um forte poder mágico tomou conta do espaço, um estranho desconforto assumia sua mente e então a dor. Como se estivesse sendo banhando em lava e agulhas penetrassem sua carne, seu colete e camisa queimaram enquanto em seu braço direito surgia a marca das fadas, o símbolo da guilda em azul claro. A dor cessou, a magia na área se dissipou e Enoc o encarava com um largo sorriso.

_ Feche a porta ao sair.

~~~~~~~~~~~~~~~


Aurum apareceu no topo da escada, um sorriso largo brotava de sua face, um sorriso sincero de satisfação, a partir daquele dia ostentava a marca da Fairy Tail, seu orgulho. Olhou para baixo e os demais membros fitavam-no felizes, aquele conflito havia ficado no passado, agora eram todos irmãos. Enquanto descia as escadas pensava em uma coisa apenas.

“ Esse terno era um presente...” - sorriso.
~~~~~~~~


Zac( O ladrão):
 

Mulher que ele enfrentou:
 

Mago da Âncora:
 

Enoc, o Mestre:
 
~

Foi o primeiro capítulo, espero que tenham gostado. Criticas e comentários são sempre bem vindos.

Obs: Essas imagens são só para ter uma base da aparência, não são exatamente iguais :D ...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Fan fic - Fairy Tail New Age
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Mensagem No Painel " TAIL LIGHT , R SUBSTITUTE LAMP ON !
» Comet tail imagens
» TANK BAG OU MOCHILA?
» Alforge para a GSX 650F
» HD 883 Iron esquentando ovinhos!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Super Onze Kotei Legends  :: Off :: Diversão-
Ir para: